Monte Bravo Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre - Copa Yone Borba Dias

Monte Bravo Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre - Copa Yone Borba Dias
35 jogos abrem o tradicional evento que atinge a 34ª edição
Partidas largam às 10h30 com entrada gratuita na Associação Leopoldina Juvenil


Porto Alegre (RS) - Com 35 partidas, começa nesta segunda-feira, a partir das 10h30,  o Monte Bravo Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre - Copa Yone Borba Dias. A competição realizada na Associação Leopoldina Juvenil e atinge sua 34ª edição. O evento é da mais alta graduação do circuito mundial seniors com tenistas de 35 até perto dos 90 anos de idade com alta pontuação no ranking da Federação Internacional de Tênis.

No primeiro dia teremos em quadra jogos das categorias de 60 até acima de 85 anos. Destaque para o mineiro de Uberaba, Pedro Zandonaide, que estreia na categoria 60 anos contra o argentino Juan Rivarola, não antes das 18h. Zandonaide foi profissional no futebol e foi campeão carioca com o Vasco da Gama em 1977 em time que era comandado por Roberto Dinamite. Naquela final ele converteu um dos pênaltis do título vascaíno contra o Flamengo que tinha Zico, tal conquista tirou os cruzmaltinos de uma fila de títulos estaduais. Zandonaide foi campeão baiano pelo Bahia etambém jogou pelo Sporting, de Portugal, e na Venezuela, antes de se aposentar .
Agora tenista, Zandonaide vem se dedicando ao circuito mundial Seniors. Este ano ele fez final em Goiânia (GO), semi em Salvador (BA) e vem de quartas em São Paulo (SP).

O vencedor deste encontro pega na segunda rodada o segundo favorito, o brasiliense Amadeu Façanha, atual 14º do mundo e ex-top 3. O favorito na categoria é o colombiano Carlos Behar, atual campeão na capital gaúcha e vice-líder do ranking.

Nos 60 anos feminino, a austríaca  Shirley Friedl, segunda favorita e nona do mundo, duela contra a brasileira Ana Peruzzolo não antes das 14h. A brasileira Rosangela Fritelli, quinta do mundo e principal favorita, folga no primeiro dia.

A tradicional competição gaúcha, que tem entrada gratuita ao público, vai até o sábado, dia 9, e tem a presença de mais de 200 atletas de 21 países com jogadores do Brasil, Argentina, Áustria, Bolívia, Canadá, Chile, Colômbia, Espanha, França, Grã-Bretanha, Alemanha, Itália, Jordânia, Japão, Marrocos, Holanda, Paraguai, Peru, Uruguai, Estados Unidos e Venezuela.

Dentre outros destaques estão o americano John Powless, que por muitos anos liderou o ranking dos 85 anos. O tenista de 88 vem batalhando contra um câncer há mais de um ano e foi responsável por treinar o americano Arthur Ashe, ícone do tênis mundial vencedor de Grand Slams, e dar o primeiro emprego a Nick Bolletieri, que hoje tem a maior academia de tênis em Bradenton, na Flórida.

Nos 80 anos, o chileno Jaime Pinto-Bravo retorna e busca seu 15º título em Porto Alegre. Ele lidera o ranking na categoria e conquistou o título mundial este ano em Umag, na Croácia. Pinto-Bravo foi um tenista de sucesso quando profissional com títulos nível ATP e vitória sobre o romeno Ilie Nastase, que liderou o ranking mundial na década de 70.

O boliviano Ramiro Benavides, que jogou Copa Davis pelo seu país, será um dos destaques na categoria 75 anos. Vencedor em 2017 ele é o atual vice-campeão e este ano vem de título Sul-Americano jogado em Sta. Cruz de la Sierra, na Bolívia.

Nos 55 anos, o paulista Ricardo Tomb tenta revalidar o troféu do ano passado assim como a santista Simone Vasconcellos que venceu por 11 vezes a competição gaúcha. Os dois ocupam o terceiro lugar na categoria.

Roger Guedes, que teve carreira de sucesso no tênis profissional, marca retorno. Ele foi número 1 do mundo e hoje ocupa o oitavo posto nos 65 anos.

"Mais uma temporada da Copa Yone Borba Dias e um número cada vez mais crescente de países vindo ao evento, para Porto Alegre. Temos líderes do ranking, nomes que jogaram a Copa Davis, derrotaram grandes nomes do tênis e grandes histórias como a do americano John Powless que prestigia nossa competição há anos. Será um grande torneio", disse Ennio Moreira, diretor da competição e da PróTênis Promoções Esportivas.

Divulgação: Gallas Press

Foto/Crédito: Gustavo Werneck

A Tretorn é a Bola Oficial da Federação Gaúcha de Tênis